Arquivo mensal: agosto 2009

O mundo encantado da letra cursiva

Padrão

A partir desse 2º semestre, a Giovanna começou a “trabalhar” letra cursiva. Ela está muito empolgada e animada. Nos primeiros dias se sentiu insegura e toda vez que errava dizia que não conseguiria nunca, rsrs, mas agora ja está começando a dominar e ficar super alegre ao terminar as frases. A Prô Michelle (auto-titulação de sua professora) tem elogiado sua letrinha, afirmando que está linda. Ela adora e eu me sinto muito orgulhosa e feliz em ver seu interesse em aprender, em ir à frente. Que continue assim!

As férias das crianças

Padrão

As férias de julho esse ano foram super proveitosas. Já na primeira semana fomos todos pra Malacacheta, cidade do interior de Minas ondem mora a maioria dos parentes do marídeo. Lá é bem pequeno e tem muitas roças, cavalos, vacas, etc. Eu tive que voltar depois de 07 dias mas as crianças e o pai permaneceram por lá até o fim do mês, se esbaldando. Depois houve o adiamento do início das aulas por mais uma semana devido à gripe suína, e como eu estaria trabalhando e marido viajando, eles foram pra casa da avó e se divertiram mais um pouco! Em resumo: ficaram as férias inteiras fora de casa.
Mas eu até gostei porque assim eles não ficaram bitolados em frente à tv, assistindo desenho animado o dia inteiro. Só faltou mesmo a já clássica ida ao cinema, onde estava passando “Era do Gelo 3”. Mas foi por uma boa causa, rsrs.

E eu acabei optando por tirar o Gustavo da escola esse resto de ano e colocando a Giovanna em um transporte escolar. Confesso que estou aliviada, e ela, que estava com uma certa resistência (só pra variar um pouco), até que está gostando. Obviamente ela preferia que eu a fosse buscar e levar, mas pra mim estava se tornando extenuante, fora que agora estamos com apenas 01 carro e então entre as 7 e as 12 ficávamos absolutamente presos e unicamente em função de aguardar a hora de buscá-la.

O Gustavo está ficando em casa comigo e o coloquei na natação pra ter uma atividade física. Pra ser bem sincera, eu estava achando sem sentido ficar em casa e mandá-lo pra aula, até mesmo porque pela sua idade ele tinha atividades muito leves e passava a maior parte do tempo brincando. Tudo bem que há a questão da socialização, mas felizmente ele não tem problema absolutamente algum nesse sentido. Ano que vem ele voltará firme e forte, já aos 05 anos. Além disso estou dando a ele os exercícios escolares. Ele não gosta de assistir desenho sozinho e adora quando o dou algo pra fazer. Hehehehe, estamos no estilo “home schooling”, muito usual nos EUA. Chique!