Arquivo mensal: fevereiro 2009

A primeira semana

Padrão

Essa semana que passou foi a primeira das crianças na nova escola. Confesso que estava muito ansiosa e angustiada, afinal, foram 03 anos na escolinha antiga e isso traz segurança tanto pros meninos quanto pra nós, pais. Os mesmos funcionários, o mesmo “esquema”, enfim…Exatamente tudo o que eu queria mudar, rsrsrs.
Bom, mas enfim chegou o grande dia. Dormi super mal à noite, acordei várias vezes e fiquei com medo da hora porque estava tudo calculado mas nunca se sabe como vai funcionar no “vamos ver”.
As crianças foram levantadas e vestidas praticamente dormindo, tomaram café e continuaram deitadas no sofá porque o Fernando nunca conseguiu levá-los pra aula no horário, mas sim com meia, até 01 hora de atraso todo dia, de forma que eles não estavam acostumados a acordar tão cedo :( Mas eu não consigo agir assim de forma alguma, e ainda por cima após deixá-los eu tinha que ir trabalhar.
Chegando lá, entrei com eles no pátio e havia aquela multidão de crianças. Fiquei tentando imaginar se na cabecinha dos meus filhos aquilo tudo estaria sendo demais porque até então eles haviam estudado num ovo, rs. A Giovanna, como sempre, parou na fila da sua sala e imediatamente começou a conversar com a colega ao lado, e por ali já ficou, como se a garotinha fosse sua amiga de infância. O Gustavo ficou mais quietinho, eu segurando a mãozinha dele o tempo todo, parecendo tão pequenininho no meio de tantos maiores!!
Então houve a reza e logo após as professoras foram levando-os pra sala. Fiquei ali parada, vendo o Guto saindo em fila indiana, e depois dei uma espiadinha nas salas dos dois, e ambos estavam concentrados no que as professoras diziam…Fui embora com aquelas cenas na cabeça.
No final do dia eles estavam animadíssimos e contentes, e desde então todos os dias continuaram chegando alegres, animados, contando novidades.
E hoje, domingo, a Gi me disse logo cedo que está morrendo de saudades da amiguinha e da “prô” Michelle, achei muito fofo. Há tempos não via a Gi empolgada com a escola dessa maneira!! Estou muito feliz.

Mas como alegria de pobre dura pouco, aconteceu uma coisinha que é ótima num ponto e chatíssima em outro,e está me tirando o sono: consegui uma tão sonhada transferência pro colégio pertíssimo da minha casa, dá pra eu ir até à pé se estiver afim de uma boa caminhada. Eu sempre quis trabalhar nela mas nunca tinha cargo vago, mas dia desses uma amiga me ligou contando que agora tinha e eu fiz correndo o pedido, mas crente que era no horário da manhã. A bomba que recebi sexta-feira foi que a vaga tinha saído pra mim e que o horário disponível é das 17:10 às 22:40, sendo que precisarei entrar em exercício a partir de amanhã! Beleza né? E onde eu vou enfiar as crianças? rsrsrs. O Fernando ainda tem um semestre de faculdade, minha mãe simplesmente não tem disponibilidade (nem tenta ter, rs) para estar com eles todos os dias nesse horário, enfim, estou angustiada com isso.
Minha sogra se ofereceu pra vir ficar aqui em casa durante uma semana, revezando com o sogro que ficaria vindo e voltando todos os dias na outra porque ele não paga mais passagem, está com 67 anos. eu acho isso difícil, comlexo, cansativo pra eles e chato, mas ela teve tão boa vontade em tentar ajudar que não tive coragem de dizer que melhor não, mesmo porque estou sem outra saída no momento…
Pra completar o quadro, a partir do momento em que eu passar a trabalhar aqui no bairro, levar e buscar as crianças terá um “pequeno” percurso de 33 km ao dia!! É, as coisas não estão nada tranquilas, cada dia uma novidade…Mas como diz o Fernando, pra tudo se dá um jeito,menos pra morte…

Anúncios