Arquivo mensal: dezembro 2008

Balanço Geral das crianças

Padrão

O ano está findando e, pra falar a verdade, pouca coisa mudou na minha vida. Aliás, muito menos do que deveria.

Apenas as crianças sempre mudam. Vão crescendo e definindo suas personalidades, seus gostos, suas vontades. Eis então um balanço geral de quem são Gi e Gu:

Giovanna:

– No alto de seus 5 aninhos, já sabe ler. E bem! provavelmente por me ver sempre com algo escrito na mão, tem muito interesse por livros. Até soletrar corretamente ela consegue!! Melhor que muito marmanjo.

– Teimosa ao extremo, faz o estilo “sonsa”. Quando questionada sobre o por quê de ter agido daquela forma pela milionésima vez, fica te olhando com olhos de peixe morto e repetindo o mantra “esqueci”. Eu mereço.

– É uma pessoa naturalmente carente. Muito pegajosa e também muito carinhosa, se “apaixona” facilmente por qualquer um que lhe faça uma festinha.  Sofre muito por quem não queira brincar com ela ou dar-lhe atenção; Se ressente disso. Acho preocupante porque tenho a sensação de que pessoas assim sofrem demais.

– De acordo com a professora, tem a personalidade forte e é preciso a intervenção da mesma quando há alguma discussão entre os coleguinhas. Eita que começou cedo!! De toda forma nunca chegou ao ponto de eu ter sido chamada, ufa.

– É muito vaidosa. Ama brincões, maquiagem colorida, sapatos de salto, minissaias, enfim, tudo o que for bem aparecido ou estilo perua. Totalmente ao contrário de mim, o que eu acho o máximo.

– Adora música eletrônica e americana, claramente influenciada pelo MP3 do pai, rsrsrs  (eu por exemplo adoro Luiz Gonzaga e Raul Seixas de tanto meu pai colocar os discos desses caras nos finais de semana, séculos atrás)

– Apesar de ultimamente estar meio enrolona, em geral faz as atividades escolares sem reclamar, a não ser que estejam muito compridas.. Está preguiçosíssima pra desenhar e faz cada coisa medonha (não no sentido estético mas visivelmente “tocado”, com pressa).Adora todo tipo de atividade artística como teatro, dança e apresentações.

– É muito responsável e leva as coisas muito a sério. Se a professora está com algum problema a ser resolvido na escola ela quer de toda forma colaborar e adora ser a ajudante de sala. Dia desses um colega desistiu de última hora a se vestir de caipira pra feira de cultura. Ela rapidamente foi até a professora e “indicou” o Gustavo pra se vestir. Assim que eu cheguei pra buscá-la na escola a primeira coisa que ela disse foi: – Mãe, o Gu PRECISA MUITO se vestir de Zé Gonçalo!! É pra feira de cultura, mãe!! Hilário.

– A cada dia se interessa e presta mais atenção em desenhos e filmes. Ano passado ela ainda se dispersava bastante. Presta muita atenção nas falas dos comerciais e me conta todos os detalhes:  os 60 dias pra pagar das lojas Renner e os prêmios do Frango com selinho da Sadia estão na ordem do dia, rsrsrsrs.

– Ama rosa, Barbies, Pollys, brilhos, Castelos de princesas.

– Adora ficar literamente grudada em mim, me dar beijinhos e dizer que “Me ama até o Japão”, rsrsrs.

Gustavo:

– É uma criança muito meiga. Claro que também sapeca, levadinho. Mas de uma doçura encantadora.

– Preguiçosíssimo, está sempre “cansado”, não quer fazer nada que eu mande, como juntar os brinquedos, fazer a atividade (geralmente desenho), enfim, qualquer coisa que lhe seja imposta.

– É super birrento, teimoso, turrão. Fica horas chorando, insistindo quando quer alguma coisa.  Tenta dar uma de estressadinho e se joga no chão, choraaaaando, coisa que eu ignoro solenemente, a duras penas porque é irritante demais. Ao mesmo tempo é chantagista, faz uma vozinha de coitadinho sofredor e consegue me dobrar em muitas coisas, affff

– Chatonildo, quer tudo a tempo e hora, diz que eu estou demorando muito porque já passaram-se 5 segundos que ele pediu água, comida, etc. Te dou uma babá?? rsrs.

– Super higiênico, adora se lavar, lavar as mãozinhas, nunca come salsichas nem frutas antes de me perguntar se foram lavadas, e mesmo que eu não esteja perto jamais come nada que tenha caído no chão. Tem horror a baratas e diz que elas são sujas porque vieram do esgoto (blergh)

– Alucinado com balas e chocolates, chega a ser exagerado e enfiar várias guloseimas na boca ao mesmo tempo, desesperadamente :(

– Adora carrinhos, Homem Aranha, Lutas em geral. Mas também adora brincar de casinha :)

– Na contramão da irmã, está se tornando super dependente dela, coisa que ano passado não acontecia. Só quer estar onde ela estiver, só quer brincar do que ela estiver brincando, só quer ver TV se ela estiver vendo, enfim, uma dureza porque a mocinha anda se esquivando. Provavelmente porque sente que ele quer muito sua presença né? Freud explica…

– Na escola é uma criança mais fechada. Não tem amigos chegados e brinca muito sozinho. Meio preocupante…

– Carinhoso, adora me dar beijinhos e dizer “Mamãe, te amo”. E o mais engraçado, fazendo voz de bebê, hohohohoho

Fofinhos da mamãe, eu também amo vocês!! Que nosso natal em família de 04 pessoas seja muito feliz, cheio de amor e alegria!! E que em 2009 vcs progridam ainda mais!!

Anúncios

Diversos

Padrão

E lá vem chegando mais um natal…Affff, como tem passado rápido o tempo! Ouvi dizer que é porque cada dia que passa se torna mais comum, mais rotineiro, e que pelo fato de para as crianças cada dia ser uma grande novidade, pra elas tudo passa com lentidão. É, faz sentido…

Eu estou mega relapsa, não montei ainda nossa árvore de natal. Minhas tias sempre tão animadas a princípio resolveram se rebelar e não fazer ceia nem encontro de natal esse ano. Fiquei chateada na hora mas depois pensei que estaremos nós quatro em família, isso é o que importa. Mas ontem minha tia que acaba de descobrir que será vovó pela primeira vez, talvez por esse motivo mesmo, resolveu que devemos nos encontrar nem que seja no dia 21, já que ela irá viajar.

As crianças já fizeram suas cartinhas de natal: a Gi pediu uma Polly, uma Kelly, um Pônei da Polly e um brilho labial bem brilhante (hohohoho). Já o Guto pediu uma pista Hot Wheels que tem tipo um posto de gasolina  que ao ser puxada uma alavanca imitando a mangueira de abastecimento o carrinho acende luzes e faz barulhos.  O “Papai Noel” já comprou tudo e está livre da correria de final de ano, ufa! Agora é só aguardar o dia da comemoração do nascimento de Jesus para a entrega dos presentes que o bom velhinho deixará por aqui. E pelo jeito será apenas o que ele trouxer mesmo,rsrs.

************

Um adendo pra contar duas pequenas tragédias que aconteceram esse final de semana:

1 – Eu parei o carro em uma ladeira, desci, fiz o que tinha de fazer, voltei, coloquei as crianças dentro do carro e de repente…ele começou a descer!!! Já imaginaram que maravilha? Eu tentava feito louca entrar e não conseguia, tentava puxar o freio de mão e nada, tentava segurar o carro…Enfim, fiquei berrando feito uma doida por “socorro, alguém me ajuda” e segurando inutilmente o bendito por alguns metros até que um anjo de um garoto que estava por ali de bobeira veio correndo, me empurrou pro lado ( eu tava tão biruta que não saía da frente da porta) e se jogou dentro do carro, puxando o freio. Geeeeeeeeente, foi muito punk!! Até agora não acredito que tudo aquilo aconteceu!! Já pensou se o carro não parasse? Se começasse a correr? E as crianças? Não gosto nem de pensar…Na hora nem notei o que estava fazendo mas no outro dia tinha um roxo imenso em um lado do meu quadril, acho que de tentar conter o carro com o corpo. Que osso.

2 – Sábado à noite marídeo me liga: roubaram o carro, e dentro do estacionamento do Shopping!!!! É mole? E como a lei de Murphy é forte, foi logo a chumbreca dele, que não tem seguro. O Gerente da Segurança afirmou que a seguradora do shops irá tentar achá-lo durante 15 dias pra só então começar o procedimento de ressarcimento. Vamos ver, né? Seguradora é “bicho” esquisito…Só falta alegarem que pelo fato do estacionamento não ser pago, não há responsabilidade sobre o roubo…

Até que enfim!!

Padrão

Até que enfim, na marra eu consegui definir: as crianças vão mesmo pra Escola de Freiras, apesar de mais cara. Principalmente por ter no horário da manhã para os dois e também por ter um espaço físico muito bom, muito boas referências, um estilo que eu aprecio, etc.

Várias pessoas me aconselharam a buscar uma escola pública boa (difícil, rs) e poupar pra Universidade. Na verdade as únicas onde eu arriscaria matriculá-los seriam ou o Leon Renault (BH) ou o Helena Guerra (Eldorado), mas em ambas a fila de espera costuma durar anos :( Então vou segurando as pontas enquanto der ou pelo menos até o 5º ano (antiga 4ª série).

Não sei se tomei a atitude certa e estou realmente com o coração na mão, com medo de estar exagerando, dando um passo maior que as pernas, mas fiz o que considero melhor ao menos no momento. Se eu ver que não está valendo a pena, que estamos nos sacrificando, revejo meus conceitos, rs. E seja o que Deus quiser!!