Folgados não!!

Padrão

Se há um defeito que eu detesto nas pessoas é a folga. Sabe aquele tipo de gente que adora fazer os outros de empregadinho? Não sou chegada não. E meus filhos então, não aceito que sejam desse jeito, é claro.

A Giovanna até que nesse ponto não me dá muito trabalho. Desde novinha, quando eu mando ela guardar os brinquedos ou carregar suas coisas, não costuma criar muito caso. Já o Gustavo é um preguiçoso: tudo quer que façam por ele, e quando recebe ordens faz aquele teatro, chora e diz até que está com dor de barriga, rsrs. Mas já estou tratanto de cortar suas asinhas.

Dia desses ele tirou as sandálias dentro do carro. Quando chegamos em casa, eu disse a ele pra descer e vir carregando-as. Ele respondeu que eram pesadas e que era pra eu levar, tem base?? Saí largando-o pra trás, coisa que ele tem verdadeiro pavor  (só Deus sabe o por quê). Juro, ele deve ter ficado uns 20 minutos aos berros, imóvel na garagem, me chamando!!! Depois de mooito escândalo de sua parte, consegui vencê-lo, e o bichinho acabou entrando em casa com a bendita sandália e guardou-a na sapateira, até soluçando de tanto chorar. 

Eles sempre querem me fazer carregar tudo: suas merendeiras, mochilas, brinquedos, calçados e tudo o mais. Eu já estou inzemprando, dando a cada um seus pertences e dizendo pra cuidarem de suas coisas (dentro de seus limites físicos, craro, rsrs).

A Giovanna tem o costume de chegar e tirar o uniforme jogando-o em cima da cama e largando. Eu chamo-a de volta e mando dobrar o uniforme e colocar no lugar, mesmo que depois eu tenha que voltar e redobrar, mas faço isso pra ela aprender que cama e chão não são lugares de se deixar as coisas jogadas. Além disso, ensinei que seus acessórios, tais como gominhas, tic-tacs, brincos, têm que ser sempre bem guardadinhos em suas devidas caixinhas pra não sumirem e sempre serem encontrados quando ela precisar.

Quando eles terminam suas refeições, devem colocar seus pratos na pia, além dos copos com os quais bebem sucos e água fora do horário das refeições.

O tal do chinelo é uma luta, rs. Eles vivem tirando do pé, e quando eu vejo já mando calçar, e aí não sabem onde largaram. O Gustavo como sempre faz um dengo: “Mamãaaaae, procura pra miiiiim…”  Então eu digo que “Posso ajudar, mas vc é que tem que procurar”.

E assim vou agindo, tentando do jeito que posso torná-los prestativos e com expediente, pra não se tornarem uns folgados de plantão, rsrs.

Anúncios

»

  1. Amiga você tá certíssima… Minha irmã hoje com 29 anos, é uma folgada de carteirinha, sabe??
    senta o bundão no sofá e fica: pega água pra mim, pega suco, traz o controle da TV… Um saco total!!! O pior é que o filho dela mais velho tá indo pelo mesmo caminho, é mole???

    Bjus,

    dany

  2. Flávinha linda!!! Vc está certissíma, e vou seguir alguns conselhos a risca, como vc disse, no limite da idade… A Ellen é como o Gu, uma folgada, sempre não pode pegar, mas como só tenho ela, sempre me rendo, estou mais que errada, é claro… Ela é bem desorganizada, nunca sabe onde as coisas estão, por eu sempre fazer por ela… Os brinquedos só guarda se mandar, sendo dura, se não, fica na sala mesmo… Claro que nesse processo, vou demorar mais, visto que ja a deixei folgar demais, mas nunca é tarde pra começar… O meu marido já tinha falado pra eu ser mais firme com ela, mas não consigo, mas vou tentar, pro bem dela… Beijos linda e fiquem com Deus e bom domingo pra vcs!!! Beijos!!!

  3. Ai, vou ter que tomar umas aulas com vc. O meu tá me saindo um folgado de primeira. Só com muita encheção de saco ele recolhe a bagunça dele. Deve ser deficiência minha também, então preciso consertar…
    Beijo, boa semana!

  4. Flávia, é isso aí menina! Pena que na época da minha sogra não tinha blogs, rs. Poxa, ela tinha que ter dado mais
    educação ao filho dela. Vou seguir teus conselhos.

    Ah, snif, snif, vim chorar aqui. Me abandonaste, uahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!

  5. Eu também tenho horror a gente folgada.
    Você tem toda razão, se bobearmos acabamos criando filhos folgados. Tenho trabalhado muito isto com o João, guardar e carregar suas coisas. Tudo bem, às vezes eu faço uma graçinha ou outra, guardo, carrego, mas ele já sabe que é uma gentileza e não minha obrigação.

  6. Flá, adorei!
    Tô contigo: detesto gente folgada e acredito que desde pequeno é que se “torce o pepino”, como diz minha mãe.
    Tô com a Chris, quero aulinhas!hohohoh
    Bjkas

  7. Juntar suas tralhas espalhadas pela casa… tá aí uma coisa que não consigo fazer seu Yuri aprender. Quando ele era menorzinho até que ele guardava suas bagunças, cantarolando uma música da crecje que dizia “Guarda, guarda, guarda/ Vamos aguardar / Quem não guardar direito / Amanhã não vai brincar”. Mas, agora, que já se julga pré-adolescente… tá fogo!
    Mas estás certa amiga! Temos que enternecer sem jamais perder a firmeza materna! Hehehe… Bjs!

  8. Flávia, nem me impressiono mais com as coincidências mas aqui em casa é bem assim. A Gabriela é bastante responsável pelas suas coisas (dentro dos seus limites, é claro) e o Rafael faz que nem ouve quando eu peço para ele fazer qualquer coisa. É muito engraçado porque ele faz um ar de desentendido, como se eu estivesse falando grego.
    Mas eu faço como tu, dou uma dura e ele acaba fazendo as coisas, abaixo de muito choro.
    Beijocas,

  9. Isso é que é mãe!!!
    Quando vier a Uberlândia nem pense em ficar aqui em casa… Você vai brigar comigo, com meu dois grandões e com a Milena :) Brincadeirinha… Mas eu não posso ousar a exigir demais dos meus, pois adoro chegar e deixar as coisas de lado, só depois que eu descanso é que me animo a guardar.
    Mas o que tento fazer é deixar sempre a casa em ordem para que meus filhos ambientados assim, se sintam mal em um ambiente de bagunça… Tem dado certo.
    Imposição de limites, não é fácil mesmo, mas a meta é: com o mínimo de stress possível, pois antes da Mi eu fui uma mãe estressada demais pro meu gosto.
    O que definitivamente não é seu caso.

    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s