Esse povo só pensa em dinheiro…

Padrão

No dia da apresentação para os pais na escola das crianças, marídeo não poderia comparecer por causa do serviço. Então, no informe referente à festinha e ao valor do indefectível “presente” que eles entregariam ao papi no dia da comemoração, eu avisei que não iria participar e consequentemente não iria querer o produto.

Como a Gi nunca comenta nada anteriormente acerca dessas apresentações de forma a demonstrar que sabe qual será o dia, e também por não estar ensaiando a partir do momento em que a escola foi avisada, imaginei que tudo passaria batido.Doce ilusão.

Tive duas chateações: a primeira foi que Gigi se entristeceu bastante, porque no dia seguinte à festa seus amiguinhos linguarudos (rsrsrs, brincadeirinha) contaram pra ela :(  E a segunda foi que a Diretora me escreveu um “singelo” bilhete no carnê de pagamento, visto que na mensalidade enviada não estava incluido o valor do bendito: ” E o presente do papai? Como fica?” Meiga ela, né? E na hora em que fui buscar a Gi, lá vem a professora com o danado na mão, dizendo que no dia em que eu informei que não iria participar ele já estava pronto, e como possui foto das crianças não tem como dar pra outro,  e tals. Bom, fiquei com o trambolho, fazer o quê. Mas achei a atitude péssima. Antes de eu dar uma resposta eles não poderiam ter feito!! Que coisa mais ridícula marídeo ficar com um presente que não foi entregue no momento ideal, não foi algo escolhido por mim nem pelas crianças, enfim, não teve nenhum sentido…

Anúncios

»

  1. Ai, Flávia… sempre tem uma coisinha ou outra prá dar nos nervos da gente, né? Eu fiquei p da vida porque a escolinha da Beatriz agora compra os presentes prás crianças darem. Já tinha sido assim no dia das mães e agora de novo no dia dos pais, as crianças só fazem o cartão. Eu preferia tanto uma coisinha mais artesanal, sabe, feita pelas crianças? Mas… nada é perfeito, né? O jeito é ir engolindo enquanto a gente aguentar. Beijo grande!

  2. Oi, Flávia! Por aqui tudo bem. Estou com muitas saudades das nossas trocas de experiência, viu. Ainda não te mandei nenhum e-mail, pois tenho tido muitos trabalhos do curso e minha filha teve dias de febre devido a garganta inflamada. Ah! Fiz sim o cadastro. Só que como adoro trocar o lay, o wordpress não permite. Ou permite e eu não reparei?
    Sobre o episódio da escola, brincadeira hein!!! E criança não perdoa. Eu é que sei dos meus 5 anos de magistério. Não são fáceis…beijocas.

  3. Nossa Fla, a atitude deles foi no minimo descabida!
    Como mandar um presente sem antes pedir autorizaçao, absurdo total… Na verdade jogadas de marketing ligadas a estas datas estas cada vez mais comuns, mas acredito que as escolas deveriam no minimo dar exemplos melhores né ?
    Diga-se de passagem, presentes que o dinheiro nao compra como ser acordado no seu dia, com abraços e beijinhos e muitas declaracoes de amor sinceras nao tem preço certo ?
    Bjs e saudades!

  4. Flávia, que atitude absurda e abusada essa da escola. Como disseram as meninas se o presente era opcional tu deverias ter a opção de não estar interessada. Se era obrigatório o custo deveria estar incluído no valor da mensalidade.
    Na escola das crianças os presentes são feitos por eles, no dia dos pais deram um bloco de anotações com o xerox de foto deles e mais uma decoração feita por eles também. No dia das mães eles fizeram uma pintura em um quadro. Presentes super baratos e cheios de sinificado. Os dois são lindos, eu até vou mandar emoldurar os meus quadros e pendurar na sala.
    Beijocas.

  5. Flá, na verdade não passei por isso, mas acho um absurdo. Na época que pretendia colocar a pequerrucha na escolinha, já me vieram com ” extras”, tipo: presentinho dia dos pais, natal, etc…
    Logo de cara já achei um absurdo essa imposição! Porque de certa forma foi uma ” imposição”.
    Acho que as escolas deveriam prestar mais atenção e respeitar mais…sim “respeitar”. Muito pais podem não estar afim daquilo, como foi seu caso.
    Bjkas

  6. Ai, ai, ai….quando é que a gente vai achar uma escola ideal, que bata com nossos pensamentos? Difícil, né?

    Sabe que a escolinha dos meninos é da prefeitura e eu tive uma grata surpresa. Confesso até que tinha preconceito. Mas hoje adoro e respeito muito o trabalho de todo mundo lá. Infelizmente o Gui terá que sair de lá ano que vem, já que terá que ir para o 1° ano. Estamos vendo escolas, mas tá difícil, viu? Um povo que não sabe se expressar direito, umas coisas que não gosto muito, mas fazer o quê! E tudo caro, imaginas as escolas boas?

    Beijos,

  7. Putz Flavia, que SACO isso hein ?

    Acaba que essas comemorações passam de diversão a obrigação. E sabe o que eu acho o pior, usarem as crianças pra isso.

    Você poderia responder ao blihete da diretora assim “Que tal dar pro seu pai, querida ?” hohoho

    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s